Oi, sumi… De novo

Porque né, Thais sumindo nem é novidade. Mas dessa vez acho que tenho uma desculpa um pouco melhor. Fiquei enrolada com projetos e planos demais aqui (e com as tretas da vida, para variar). Como já sei que tenho a tendência a sumir, tentei achar uma alternativa: uma newsletter mensal. Além de soltar as novidades … Continue lendo Oi, sumi… De novo

Ler mais

Quase maratona de início de ano – parte 2

jan-fev

Eu ia fazer o post da segunda quinzena de janeiro e depois de fevereiro… Mas a maratona de trabalho (trabalho e escrita) não deixou hahaha Então vai a coisa toda de uma vez só, antes de eu pirar com os lançamentos desse mês e esquecer de fazer o post.

Ler mais

Planos e lançamentos

E esse é o ano que eu vou ficar doida. Tudo bem, estou falando isso faz uns três anos já, e acho que o meu nível de loucura não piorou muito (na verdade, acho até que abaixou), mas se tem um ano pra ficar doida, é esse. Por quê? Planos demais.

Ler mais

Santuário da Morte

Anos atrás, o avanço da tecnologia forçou os seres sobrenaturais a revelarem sua existência. Agora todos sabem que metamorfos, vampiros e bruxos não são apenas imaginação. Eles são reais, e viveram ao lado da humanidade desde o início dos tempos.

Mas o poder do Outro Mundo não é o mesmo de outrora. Lentamente, eles estão perdendo sua força. E a razão disto está ligada diretamente a um lugar antigo e misterioso, que muitos consideram apenas mais uma lenda urbana: o Santuário da Morte.


Fantasia Urbana

Ver mais

Crônicas de Táiran

Muito tempo atrás, além da memória das lendas, uma família assumiu a missão de manter, senão a paz, no mínimo a estabilidade entre os povos de Ionessen. Um mundo marcado por guerras e conflitos contínuos, onde a magia é comum, e a tecnologia é controlada. Onde erros do passado não são esquecidos, e as consequências podem demorar séculos para serem vistas. Estas são as histórias dos descendentes de Táiran.


Fantasia Científica/Space Opera

Ver mais

Aymeria

"É falado que nosso mundo foi grande, um dia. Que existiam três continentes, habitados por povos belos e assustadores. Humanos eram apenas um deles, apesar de sermos os mais numerosos. Mas, lentamente, o mundo se tornou pequeno novamente. Ninguém vinha do mar, e ninguém se arriscava nas águas negras.

Lentamente, todos os reinos e nações se perderam nas brumas do tempo. Agora restavam apenas pedaços do seu passado, lendas semi esquecidas contadas ao lado do fogo"


Fantasia Tradicional

Ver mais

Cidades Livres

Muitos anos atrás, as Crianças da Noite começaram a revelar sua existência. A humanidade reagiu com violência, e o conflito que começou como uma disputa por um território se tornou uma guerra mundial que devastou o planeta. A humanidade se refugiou em grandes cidades muradas, a tecnologia se desenvolvendo para que fossem autossuficientes. As Crianças da Noite tomaram cidades abandonadas, as transformando em suas: as Cidades Livres, onde a palavra da Corte do Sangue é lei e qualquer humano tem que pagar um preço em sangue se quiser sobreviver.


Pós-apocalíptico paranormal

Ver mais

A esperança nem sempre é uma luz forte.
Às vezes ela é tão negra quanto seu medo mais profundo.